ruidos-de-comunicacao.
Comunicação Integrada

Tipos de ruídos na comunicação: como mapear

Por: Isabela Pimentel15/set/2021
Compartilhe:

Ruídos na comunicação são elementos que podem trazer grandes danos não somente à imagem, mas também ao clima organizacional e à reputação da empresa.

De forma geral, podemos considerar que ruído é, para Gil, “toda e qualquer fonte de erro, distúrbio ou deformação na fidelidade da comunicação, em uma mensagem, seja ela visual, sonora ou escrita”.

Assim, é importante destacar que há duas possíveis origens para  os ruídos na comunicação: tanto os originados no emissor, ou seja, a fonte da informação, quanto no decodificador, ou seja, o receptor.

Como mapear ruídos de comunicação?

Diariamente, a eficácia das práticas comunicativas internas pode ser afetada pela quantidade de ruídos nos canais.

Então, de certa forma, isso pode alterar a relação entre a área de comunicação e as demais unidades de negócio.

Nesse sentido, além de entender a origem dos ruídos, vamos compreender os fatores que levam à sua origem. São eles:

  1. Físicos: barulhos, sons no ambiente;
  2. Técnicos: falhas no canal ou em um sistema;
  3. Pscicológicos: contexto de recepção;
  4. Semânticos: barreiras no código, termos técnicos.

Após entender o conceito de ruído e os fatores que provocam sua origem, é hora de tangibilizar outros fatores que provocam esse tipo de falha.

Portanto, um clima organizacional ruim, em que não há clareza quanto aos valores da empresa e objetivos, provoca também o surgimento de ruídos.

Tipos de ruído de comunicação

De forma complementar, quando é feita uma comunicação que esconde mensagens ‘negativas’ , ou seja, em que há falta de transparência , e o colaborador é o último a saber, logo surgem os ruídos, na famosa ‘rádio corredor’.

Também ocorrem esses ruídos quando comunicados e informações controversas são divulgadas, orçamentos são avaliados incorretamente em projetos e prazos e escopo não são claros para os membros da equipe.

Ao lidar com o principal público formador da imagem da empresa, o colaborador, o  profissional de comunicação deve estar preparado para encarar a diversidade de públicos, opiniões, culturas e visões de mundo.

E como construir um processo de troca e diálogo, evitando os ruídos?

O que pode ser um ruído no processo de comunicação?

Ao iniciar o trabalho de comunicação interna em qualquer organização, é preciso, antes de tudo, fazer o mapeamento dos públicos e uma avaliação prévia dos fluxos existentes.

Assim, conhecendo um pouco mais o perfil para o qual os veículos serão direcionados, é possível começar a detalhar o que será trabalhado em cada um deles.

Dados em mão, uma análise qualitativa do perfil, gostos e preferência irão nortear as edições dos boletins, jornais murais, matérias para o site, intranet e webtv.

Imagina a percepção ruim que realizar campanhas com teasers enviados por e-mail, para um público que não tem acesso diário e constante a tal ferramenta pode causar?

Comunicação efetiva

Percebemos que, para a comunicação ser efetiva, ela precisa, ser, além de integrada, abrangente, de forma a não falar apenas a linguagem de um setor, do alto escalão, ou sobre o mundo dos executivos.

Portanto, os fluxos comunicativos devem ser específicos e direcionados, respeitando as peculiaridades de cada um dos públicos de interesse, abarcando o público interno, externo e misto.

Assim, é preciso superar a visão de que a comunicação é  algo apenas restrito a um setor: ela é de todos e para todos.  

Por fim, integrar as equipes, motivá-las, dar feedback constantemente sobre o andamento dos processos e projetos é fazer com que o colaborador se sinta parte da empresa: um caminho inicial, mas  vital, para evitar os temidos ruídos nos processos de comunicação interna.

Texto: Isabela Pimentel – Jornalista, Historiadora e  Especialista em Comunicação Integrada
Imagem: Divulgação

Gostou do texto?

Então, se gostou do texto e acompanhe nossos conteúdos estratégicos, assine nossa newsletter para receber dicas de #Estrategia e #planejamentodecomunicacao todo mês.

Aprofunde ainda mais seus conhecimentos em planejamento de comunicação integrada e gestão de projetos na Formação Completa. 

Assim, acompanhe também as aulas estratégicas toda quinta em nosso Youtube. 

Confira também as etapas do planejamento de comunicação integrada

Você também pode gostar de:

Newsletter

Receba os cases, notícias e novidades em seu e-mail.

Materiais Educativos

A partir da nossa expertise em Planejamento de Comunicação, Estratégia e Gestão de Projetos, desenvolvemos diversos materiais educativos para sua empresa.

Acompanhe nossos materiais educativos