comunicacao-interna
Comunicação Interna

Como evitar ruídos na comunicação interna?

Por: Isabela Pimentel15/mar/2015
Compartilhe:

Comunicação interna  é  e sempre será essencial nas empresas. Ao lidar com o principal público formador da imagem da empresa, o colaborador, o  profissional de comunicação deve estar preparado para encarar a diversidade de públicos, opiniões, culturas e visões de mundo. E como construir um processo de troca e diálogo, evitando os ruídos?

Ao iniciar o trabalho de comunicação interna em qualquer organização, é preciso, antes de tudo, fazer o mapeamento dos públicos e uma avaliação prévia dos fluxos existentes. Conhecendo um pouco mais o perfil para o qual os veículos serão direcionados, é possível começar a detalhar o que será trabalhado em cada um deles.

O trabalho de comunicação interna

Dados em mão, uma análise qualitativa do perfil, gostos e preferência irá nortear as edições dos boletins, jornais murais, matérias para o site, intranet e webtv. Imagina a percepção ruim que realizar campanhas com teasers enviados por e-mail para um público que não tem acesso diário e constante a tal ferramenta?

Percebemos que, para a comunicação ser efetiva, ela precisa, ser, além de integrada, abrangente, de forma a não falar apenas a linguagem de um setor, do alto escalão, ou sobre o mundo dos executivos.

Mapeie fluxos de comunicação e evite ruídos

Os fluxos comunicativos devem ser específicos e direcionados, respeitando as peculiaridades de cada um dos públicos de interesse, abarcando o público interno, externo e misto.

É preciso superar a visão de que a comunicação é  algo apenas restrito a um setor: ela é de todos e para todos.  Integrar as equipes, motivá-las, dar feedback constantemente sobre o andamento dos processos e projetos e fazer com que o colaborador se sinta parte da empresa é um caminho inicial, mas  vital, para evitar os temidos ruídos nos processos de comunicação interna.

Saiba mais sobre o que é a comunicação integrada e vá além do foco apenas na ‘interna’

A comunicação integrada é aquela capaz de transmitir de forma clara a todos os públicos de interesse da empresa o que ela produz, quem ela é e no que acredita. Um dos seus maiores desafios é alinhar as mensagens de conteúdo institucional e mercadológico.

Manter a coerência entre discurso e prática, agir de acordo com sua missão e seguir seus princípios são algumas formas de a empresa manter sua reputação no mercado.  Para se comunicar de forma plena, a empresa precisa encarar a comunicação em uma perspectiva mais integrada.

Mais que uma articulação de esforços, a comunicação integrada é uma filosofia que guia o cotidiano. Os públicos, cada vez mais complexos e atuantes, querem fazer parte dos processos de comunicação interna, saber de todas as informações, investimentos, parcerias e tudo sobre a empresa. E   o que aconteceria se um colaborador descobrisse que sua empresa passará por um processo de fusão através da imprensa? Provavelmente, ele pensará que não faz parte das estratégias comunicativas e que, portanto, não precisa ser informado.

Se quiser se aprofundar ainda mais e adquirir conhecimentos bem estruturados sobre como planejar, gerir e monitorar a comunicação digital, conheça nossa FORMAÇÃO COMPLETA EM COMUNICAÇÃO INTEGRADA.

Texto: Isabela Pimentel

Imagem: Getty Images

Leia também 

Comunicação interna: ferramenta de gestão

Você também pode gostar de:

Newsletter

Receba os cases, notícias e novidades em seu e-mail.

Materiais Educativos

A partir da nossa expertise em Planejamento de Comunicação, Estratégia e Gestão de Projetos, desenvolvemos diversos materiais educativos para sua empresa.

Acompanhe nossos materiais educativos