planejamento de comunicação
Comunicação Institucional

Etapas do planejamento de comunicação

Por: Isabela Pimentel7/jan/2019
Compartilhe:

Planejamento de comunicação integrada  é esquecido por doze meses. Mas, início de ano, tudo muda!

Aquele clima de alma limpa, novos ares, nova comunicação. Correto? Nem sempre!

Então, muitas vezes, as empresas querem mudar seu posicionamento, mas repetem os mesmos erros na hora de planejar e conceber campanhas. Por isso, invista em planejamento de comunicação!

Quais os benefícios do planejamento de comunicação integrada?

Para evitar possíveis erros em lançamentos de produtos e serviços, antes de tudo, é preciso fazer um diagnóstico completo da marca, da sua reputação até a presença digital, passando pelos meios off-line, ponto de venda, etc.

Decerto, entra em cena o poderoso planejamento de comunicação integrada, que segue as etapas de diagnóstico, análise de cenários (macro e micro), definição de objetivos, metas e  muito mais!

Hum,  plano criado, então o trabalho terminou? Claro que não!

Para dar certo, o plano precisa ser algo vivo e que se adapte a novos contextos e momentos da realidade corporativa!

Avaliando o planejado

Dessa forma, para avaliar o plano, considero o que chamei de 4E: ele é específico para a realidade da sua empresa e seus públicos? Ele é estratégico? A linguagem é envolvente? Ele é realmente executável?

Então, os problemas estão resolvidos se o plano contempla os 4E?

Não, infelizmente não! Precisamos lidar com o chamado “planejamento under pressure”!

Assim, quando um plano de comunicação é rígido demais, ele não tem a flexibilidade necessária para se adaptar aos pedidos de última hora e situações inesperadas que acontecem no dia a dia da empresa.

Como então executar o planejamento ao longo do ano se os contextos mudam tanto?

  1. Quando surgir um pedido de ação ou campanha não prevista no Plano, avalie se ela está associada aos objetivos estratégicos a serem alcançados no ano;
  2. Questione se, de acordo com os objetivos e clima da empresa, se esse é o melhor momento para lançar uma nova campanha;
  3. Solicite o máximo possível de informações à área que solicitou essa divulgação ou fez o pedido da campanha;
  4. Diferencie campanha de plano de divulgação: várias vezes as áreas solicitam “campanhas”, quando, na verdade, é uma cobertura ou criação de um plano de divulgação!

No próximo texto, vamos falar mais sobre planejamento de comunicação integrada.

E se quiser se aprofundar ainda mais e adquirir conhecimentos bem estruturados sobre como planejar, gerir e monitorar a comunicação digital, conheça nossa FORMAÇÃO COMPLETA EM COMUNICAÇÃO INTEGRADA.

Texto: Isabela Pimentel 
*Jornalista, Historiadora e  Especialista em Comunicação Integrada
Imagem: Divulgação

Quer saber mais sobre planejamento de comunicação?

Assista mais de 200 vídeos em nosso canal do YouTube sobre planejamento de comunicação e aproveite para se tornar um comunicador mais estratégico!

Confira também 10 livros essenciais sobre comunicação integrada.

 

Você também pode gostar de:

Newsletter

Receba os cases, notícias e novidades em seu e-mail.

Materiais Educativos

A partir da nossa expertise em Planejamento de Comunicação, Estratégia e Gestão de Projetos, desenvolvemos diversos materiais educativos para sua empresa.

Acompanhe nossos materiais educativos