estrategia-de-comunicacao
Estratégia de Comunicação

Como elaborar uma estratégia de comunicação?

Por: Isabela Pimentel21/fev/2021
Compartilhe:

Estratégia de comunicação ainda é um ponto muito sensível quando se refere sobre a distância entre o que é planejado e o que de fato é executado.

O termo começou a ser usado no meio empresarial em meados da década de 40, por meio da teoria dos jogos, por  Von Neumann. Nesse contexto, ela era um “plano completo  e detalhado para direcionar as situações possíveis”.

Quando nos aproximamos do universo da comunicação, temos pontos interessantes. Alguns autores incluem objetivos e metas como parte da estratégia, enquanto outros fazem claras distinções. 

Como definir estratégias?

Nesse sentido,  uma das referências adotadas nos estudos de estratégia na gestão da comunicação é de Marcélia Lupetti, segundo  a qual compreende o conjunto de ações planejadas e executadas a partir da análise ambiental interna e externa e das oportunidades de mercado, do diagnóstico de comunicação, dos públicos envolvidos, dos objetivos de comunicação determinados e dos posicionamentos específicos (por público, canal, objetivo, segmentação).

É importante destacar também que a estratégia precisa estar desdobrada nos diversos níveis de planejamento, que vão do longo prazo (plano estratégico) ao cotidiano da equipe de comunicação (plano operacional).

Assim, confira os tipos de planejamento de comunicação e seus respectivos horizontes (curto, médio e longo prazo)

tipos-de-estrategia-de-comunicacao.
Estratégias de comunicação – Arte CidadeMarketing

Leia mais:

>> Estratégias de comunicação: como ser mais certeiro em suas ações

Dessa forma, após entendermos o conceito de estratégia de comunicação, é a hora de entender como podemos formular e elaborar uma de maneira integrada. 

Como formular uma estratégia de comunicação?

Desde já, sabemos que não basta fazer diagnóstico e planejar: é muito importante que a marca estruture um trabalho eficaz, baseado em uma estratégia de comunicação adequada à realidade da empresa.

Confira algumas etapas do diagnóstico, com nossa metodologia exclusiva, chamada Diagnóstico 360º:

diagnostico-de-comunicacao

Assim sendo, a formulação das estratégias, que só deve ser feita após o diagnóstico e definição de objetivos, precisa também, levar em consideração:

  1. Riqueza de dados sobre momento atual, mercado, clientes, concorrentes, macro e microambiente obtidos no diagnóstico;
  2. Escolha de um segmento e alvo;
  3. Disponibilidade de recursos financeiros;
  4. Definição clara de objetivos de negócio;
  5. Objetivos de comunicação associados aos objetivos de negócio;
  6. Concorrentes e suas movimentações no mercado;
  7. Plano de riscos;
  8. Capacidade de execução;
  9. Recursos Humanos;
  10. Conhecimento técnico;
  11. Detalhamento do mix de marketing ou comunicação;
  12. Possibilidade de desdobramento da estratégia em um plano tático e ações viáveis;
  13. Criatividade;
  14. Caráter multidisciplinar;
  15. Obrigatoriedade, regulamentações e limitações do setor em que a empresa atua (um exemplo são as áreas reguladas, como saúde).

Quais são as estratégias mais comuns no processo de comunicação?

Então, após entendermos a importância do diagnóstico e da definição de objetivos para viabilizar a elaboração da estratégia, vimos quantos pontos precisam ser considerados para elaborar uma estratégia de comunicação integrada.

Assim,  ao fazer buscas nas redes sociais e Internet, encontramos muitos equívocos sobre o que é e não é estratégia.

Então, veja alguns exemplos do que são estratégias de comunicação:

  • Fortalecimento da autoridade em determinado nicho;
  • Reposicionamento da marca;
  • Entrada em um novo segmento.

Agora, vamos entender o que não são estratégias de comunicação:

  • Ações de relacionamento com a imprensa;
  • Parceria com influenciadores;
  • Criação de posts e etc.

Como elaborar uma boa estratégia de comunicação?

estrategia-de-comunicacao-integrada

Então, de forma geral, esses são os principais passos da elaboração da estratégia de comunicação para sua empresa:

  • Pesquisa de comunicação para construção do diagnóstico;
  • Elaboração do diagnóstico;
  • Planejamento de comunicação;
  • Definição da estratégia;
  • Plano de ação ou tático;
  • Gestão estratégica;
  • Mensuração de resultados;
  • Acompanhamento;
  • Aprendizagem;
  • Atualização da estratégia.

Confira também

planejamento-integrado-de-comunicacao


>> Por que a área de relações públicas (PR) precisa mensurar resultados?

Decerto,  é na fase tática, que será feita a gestão de tudo que foi planejado na esfera estratégica e que guiou a criação do plano tático.

Então, não confunda mais os dois e veja a importância de ter estratégias bem elaboradas, pois:

  1. Ter plano tático sem estratégia pode render crises e perda de dinheiro;
  2. Táticas isoladas não substituem uma boa estratégia.


Texto: Isabela Pimentel 
*Jornalista, Historiadora e  Especialista em Comunicação Integrada
Imagem: Divulgação


Gostou do texto?

Se gostou do texto, acompanhe nossos conteúdos estratégicos e  assine nossa newsletter para receber dicas de #comunicacaointegrada #Estrategia  e #planejamentodecomunicacao todo mês.

Conheça os princípios e tipos de estratégia existentes.

Acompanhe também as aulas estratégicas toda quinta em nosso YouTube. 

Baixe nossa aula completa e modelo de planejamento de comunicação pdf.

Confira também as etapas do planejamento de comunicação integrada.

Aprenda a criar  projeto e política de comunicação.

Você também pode gostar de:

Newsletter

Receba os cases, notícias e novidades em seu e-mail.

Materiais Educativos

A partir da nossa expertise em Planejamento de Comunicação, Estratégia e Gestão de Projetos, desenvolvemos diversos materiais educativos para sua empresa.

Acompanhe nossos materiais educativos