gestao-de-crises e riscos
Comunicação Integrada

Como fazer gestão de crise?

Por: Isabela Pimentel24/nov/2020
Compartilhe:

Gestão de crises é essencial, mas uma realidade ainda distante. Vivenciamos diariamente em nosso país um culto à “cultura do risco”: ‘não vamos mudar, pois ainda funciona’, ‘ para que reparar se ainda está servindo’, ‘não vamos substituir por enquanto”, e por aí vai.

Qual o nível de segurança que uma empresa tem de operar sem procedimentos preventivos?

Como trabalhar gestão de crises?

Vamos começar a trabalhar na construção de uma cultura de prevenção de crises de dentro para fora, ou seja, começando na empresa. Isso é pensar em termos de gestão de crises.

Assim, o primeiro passo é construir o chamado mapa de riscos, que compreende o conjunto de temas, assuntos e situações que podem causar dano real ou potencial à empresa, de acordo com seu segmento de atuação.

Passos essenciais

De toda forma, por mais que a empresa tenha um mapa de risco, o líder também precisa investir em noções de comunicação integrada para manter o alinhamento das mensagens durante a crise.

Também cabe a ele, conhecer as principais áreas que afetam o negócio da sua empresa, ter visão do negócio como um todo, e saber explicar a cadeia de valor. Isso é agir com foco na prevenção.

Diferença de gestão e gerenciamento de crises

Se o gerenciamento de crises é quando a situação crítica já foi desencadeada, a gestão dos riscos antecede esse período, é o pré-crise.

Além da diferença entre gestão e gerenciamento de crises, também é importante que ela tenha noções de atendimento à imprensa, entenda a dinâmica e a hora certa de acionar o comitê de crise e seja capaz de manter a calma durante momentos de pressão e manter o time coeso.

Por isso, para te apoiar nesse processo, separei mais alguns lembretes importantes para líderes em momentos de crise.

Enquanto comunicadores, esses passos são diferenciais para nossa preparação. Vamos lá?

Confira os passos a serem seguidos

– Reunir a equipe de comunicação;

– Buscar dados e situações sobre o contexto da crise;

– Convocar  o time de crise;

– Conduzir  o monitoramento em tempo real das notícias;

– Manter relacionamento com influenciadores e formadores de opinião;

– Preparar e alinhar discursos para porta-vozes;

– Integrar os canais;

– Manter o discurso institucional alinhado durante todas as etapas da crise.

Dicas da Comunicação Integrada

Se você gostou dessas dicas estratégicas, assista mais de 100 vídeos em nosso canal do YouTube sobre planejamento de comunicação e aproveite para se tornar um comunicador mais estratégico!

E se quiser se aprofundar ainda mais e adquirir conhecimentos bem estruturados sobre como planejar, gerir e monitorar a comunicação digital, conheça nossa FORMAÇÃO COMPLETA EM COMUNICAÇÃO INTEGRADA.

Texto: Isabela Pimentel 
*Jornalista, Historiadora e  Especialista em Comunicação Integrada
Imagem: Divulgação

Você também pode gostar de:

Newsletter

Receba os cases, notícias e novidades em seu e-mail.

Materiais Educativos

A partir da nossa expertise em Planejamento de Comunicação, Estratégia e Gestão de Projetos, desenvolvemos diversos materiais educativos para sua empresa.

Acompanhe nossos materiais educativos