redes-sociais
Comunicação Institucional

Minha empresa deve estar em redes sociais?

Por: Isabela Pimentel19/jan/2018
Compartilhe:

Redes sociais são um desafio para todos os segmentos de negócio. Nos últimos anos, é perceptível o crescimento no uso das mídias sociais tanto para entretenimento, quanto para buscar informações em geral.

De acordo com a pesquisa Content Trends, realizada em 2017, as publicações nas redes são o tipo de conteúdo mais consumido por 72% das pessoas.

Além disso, em pesquisa realizada pelo Pew Research Center, mais de 56% dos adultos online usam mais de uma plataforma de mídias sociais.

Como atuar nas redes sociais?

Com esses dados em mãos, não é difícil perceber o grande potencial que as mídias sociais possuem para influenciar a vida de seus usuários, e isso inclui o processo de compra, ou adesão, de produtos e serviços.

Nesse contexto,  o Facebook, por exemplo, é considerada a maior rede social do mundo, possuindo cerca de 1,13 bilhão de usuários ativos diariamente (Statista, 2016).

Dessa forma, é necessário que as empresas estejam presentes nessas redes  para se conectar e alcançar essas pessoas, tendo em vista que elas podem se tornarem futuros clientes.

Além disso, considerando que 92,1% das empresas brasileiras estão presentes nas redes sociais (Social Media Trends, 2017), o fato de uma empresa não estar nesses locais abre espaço para sua concorrência.

Pequena empresa nas redes?

Em se tratando de micro e pequenas empresas, as redes sociais podem ser uma alternativa bastante rentável para dar visibilidade para esse tipo de negócio. Elas são plataformas de relacionamento fáceis de utilizar e possuem ferramentas direcionadas para as empresas, como é o caso das páginas do Facebook e os perfis de negócios do Instagram, por exemplo.

Nesse sentido, as redes sociais permitem que as micro e pequenas empresas possam divulgar suas informações, produtos e serviços de forma mais acessível que outros meios mais tradicionais, como em outdoors ou na televisão.

Assim,  mesmo que em algumas situações seja necessário investir em publicações patrocinadas, o valor gasto nas redes sociais é pequeno em relação a outros meios de comunicação.

Além disso, atuar nas redes sociais permite que a micro e pequena empresa consiga segmentar sua divulgação a partir de diferentes características de seu público, como idade, gênero e localização.

Dessa forma, as redes são ferramentas que permitem o relacionamento direto e contínuo entre o público e a empresa, o que permite que se mantenha um contato constante entre a marca e as pessoas.

Outro ponto que merece atenção diz respeito à acessibilidade dos resultados obtidos pela empresa nas redes sociais. Essas ferramentas disponibilizam métricas que permitem obter dados relacionados à visibilidade e reconhecimento de marca com maior facilidade que o uso de cartazes ou anúncio na televisão, por exemplo.

Dessa forma, esses canais são bastante úteis para construir e melhorar a imagem das micro e pequenas empresas.

Então, além de proporcionar mecanismos para comunicação entre o público e a marca, elas permitem que as empresas alcancem uma considerável visibilidade de maneira simples, acessível e eficaz.

Texto: Jhonatas Luis S. Pereira*

* Assessor de Comunicação, graduado em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, especialista em Assessoria de Imprensa e Jornalismo Empresarial.

Quer saber mais sobre planejamento de comunicação?

Assista mais de 200 vídeos em nosso canal do YouTube sobre planejamento de comunicação. Aproveite para se tornar um comunicador mais estratégico!

Confira também 10 livros essenciais sobre comunicação integrada.

Você também pode gostar de:

Newsletter

Receba os cases, notícias e novidades em seu e-mail.

Materiais Educativos

A partir da nossa expertise em Planejamento de Comunicação, Estratégia e Gestão de Projetos, desenvolvemos diversos materiais educativos para sua empresa.

Acompanhe nossos materiais educativos